A Fazenda São Lourenço produz cafés para seletos mercados internacionais

As lavouras da São Lourenço estão no município de Varjão de Minas, na região do Cerrado (DO). São 1.256 hectares, sendo 690 hectares em produção de cafés da espécie arábica como Catuaí, Mundo Novo, Catucaí, Catuaí Amarelo, Icatu Amarelo, Bourbon Amarelo e Tupi RN.

Seu processo de produção combina o cuidado artesanal com tecnologia sustentável. O resultado é um café especial, adequado às exigências dos grandes apreciadores, obtendo consistente posição de destaque nos principais concursos de qualidade do setor.

Desde 2008, a Fazenda São Lourenço é certificada pela Rainforest Alliance e pela Utz Certified, o que assegura seu comprometimento com práticas agrícolas sustentáveis. Em 2013, a Fazenda conquistou o Módulo Clima, um importante código de conduta, que avalia o processo de produção sustentável das propriedades, seu foco em responsabilidade social e em proteção ambiental.

A Fazenda São Lourenço tem como princípios produzir cafés diferenciados, respeitar e valorizar seus colaboradores, aliando tecnologia, preservação de recursos hídricos, da fauna e flora, além de incentivar o consumo ético.

a-fazenda

Localização

Situada na região do Cerrado Mineiro, a 60 km de Patos de Minas, na latitude 18º 31´ sul e longitude 46º 03´ oeste, e com altitude superior a 1.000 metros, a Fazenda é beneficiada pelo clima ameno e estações do ano bem definidas, fatores que, aliados à incidência ideal de raios solares, favorecem a maturação uniforme dos grãos. A média pluviométrica dos últimos 27 anos tem sido de 1.480 mm por ano. Desde 1995, a região do Cerrado Mineiro é a primeira região produtora de café demarcada do Brasil, segundo decreto do Governo do Estado de Minas Gerais. A partir de 2005, foi reconhecida como a primeira Denominação Geográfica de Cafédo Brasil e do Mundo, segundo normas da OMPI – Organização Mundial de Propriedade Intelectual.
A região do Cerrado foi a primeira região cafeeira do País a receber do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi), em 31 de dezembro de 2013, a Denominação de Origem (DO). O registro de Denominação de Origem reconhece as qualidades e características distintas do produto, resultado da influência do meio geográfico, incluindo fatores naturais e humanos.
qualidade-e-tecnologia

Qualidade e Tecnologia

A Fazenda São Lourenço se diferencia pelo cuidado e atenção empregados em todas as etapas da produção. Os cafezais são irrigados por gotejamento, o que favorece a uniformidade na maturação dos grãos. A topografia plana da Fazenda permite a mecanização de toda a colheita.

Os cafés são processados tanto pelo método natural quanto pelo sistema cereja descascado, e conta com duas modernas linhas de processamento úmido de café. A secagem dos grãos é feita nos pátios ao sol e depois finalizada em secadores rotativos, que garantem uma seca homogênea, com total preservação da qualidade.

Todos os lotes de cafés produzidos pela Fazenda são rastreáveis. Cada talhão é devidamente mapeado, com suas variedades e tratos culturais, permitindo um alto nível de controle e precisão nas informações fundamentais como os tipos de insumos utilizados e sua quantidade, data da colheita, tempo de descanso nas tulhas, entre outras.

Dados de Produção

As variedades são 100% da espécie arábica: Catuaí, Mundo Novo, Catucaí, Icatu Amarelo, Catuaí Amarelo e Bourbon Amarelo.

690 hectares irrigados por gotejamento.

Área total da fazenda: 1.256 hectares.

Área de reserva legal: 263 hectares.

Área de preservação permanente: 41 hectares.

Compromisso com a satisfação e o bem-estar das pessoas

As ações sociais realizadas pela Fazenda São Lourenço visam fomentar o bem-estar entre seus colaboradores e as comunidades vizinhas, sendo essenciais para a consolidação de melhores práticas agrícolas e a sustentabilidade da cafeicultura.

Entre os projetos realizados, destacam-se:

Incentivo à inclusão digital em escolas da região.

Disponibilização de rede wi-fi e doação de computadores para os funcionários da Fazenda.

Organização de atividades de educação ambiental para crianças.

Criação de uma escola na Fazenda para alfabetização de adultos, funcionários e vizinhos.

Manutenção de horta comunitária e pomar com reversão dos benefícios para os colaboradores.

Parcerias com fornecedores e clientes que permitiram que mais de 100 crianças, pela primeira vez, assistissem a peças de teatro e cinema na cidade de Patos de Minas.

Responsabilidade Ambiental

A Fazenda é comprometida com uma cafeicultura sustentável, tanto em aspectos econômicos, como sociais e ecológicos. A propriedade dedica 21% de sua área à preservação da vegetação nativa, protegendo uma rica fauna e flora. As nascentes de rios também são protegidas, bem como as matas ciliares.

Uma de nossas premissas ambientais é a utilização de técnicas agrícolas sustentáveis, como o tratamento dos resíduos provenientes do processamento do café, a conservação do solo, o controle da erosão e a captação de águas pluviais.

Além disso, a Fazenda realiza programas de coleta seletiva de lixo, organiza atividades educacionais para as crianças, voltadas à preservação dos ecossistemas.

Os resíduos sólidos decorrentes do processamento são utilizados como adubo orgânico nas plantações, contribuindo para a otimização de recursos e a conservação ambiental.

responsabilidade-ambiental

Tecnologia e Eficiência na Gestão de Insumos

A Fazenda São Lourenço adota técnicas de agricultura de precisão como uma de suas ferramentas de gerenciamento, buscando racionalizar o uso de insumos agrícolas ao se manejar o solo e proteger as plantas, respeitando a variabilidade espacial existente.

A agricultura de precisão permite aplicar os insumos no local correto, no momento adequado, nas quantidades desejadas, por unidade de área ou grade amostral, através do emprego de sofisticados equipamentos de localização por GPS, aplicadores a taxas variáveis, softwares e profissionais competentes para o uso da técnica. Entre os resultados obtidos, destacam-se a redução de impactos ambientais e maior segurança para as comunidades.

A preocupação com o bom uso de recursos hídricos e o consumo de energia faz parte do dia a dia da fazenda. O gerenciamento do uso da água na Fazenda é feito com a utilização de tecnologias avançadas e o acompanhamento de uma empresa especializada, que realiza avaliações periódicas do funcionamento dos equipamentos de irrigação, ao mesmo tempo em que é promovido o cruzamento de dados que indicam quando e quanto deve-seirrigar, respeitando-se os horários em que o custo da energia são mais baixos.

tecnologia

Nossos Prêmios

Entre as principais premiações recebidas pela Fazenda São Lourenço, destacam-se:

premio-4

Rainforest Alliance: entre os 10 melhores cafés sustentáveis do Brasil, por três anos consecutivos.

premio-3

Prêmio Ernesto Illy de Qualidade para Espresso: finalista entre os 40 melhores cafés para espresso do Brasil, por dois anos consecutivos.

premio-2

Emater-MG: 2º lugar entre os melhores cafés produzidos em Minas Gerais, por dois anos consecutivos.

premio-1

Cup of Excellence Natural Late Harvest: classificada para a etapa Nacional, em 2015, 14o lugar entre os vencedores em 2013.

Envie seu contato

Para mais informações, entre em contato conosco através do e-mail contato@fazendasaolourenco.com.br ou use o formulário abaixo.

 

Endereço para correspondência:

Av. Álvares Cabral, 1.707, 4o andar
Santo Agostinho - Belo Horizonte - MG - Brasil

CEP 30170-001
TEL. +55 (34) 3859-0176